O Perdão
Raiva, ódio e mágoa são sentimentos ácidos
que corroem as nossas possibilidades de felicidade.
Felizmente existe um antídoto: o perdão.
Mas não serve qualquer perdão.
Somente o perdão sincero é libertador.
Quando você não perdoa,
está represando energia
negativa dentro de si. Isso conduz a doenças do corpo e da alma,
e é a maior causa do sofrimento espontâneo (aquele que nós mesmos causamos).
Se deseja ser livre, pratique o perdão.
Quando você perdoa, não pense que está fazendo algo maravilhoso pelo outro ao perdoá-lo.
Se o perdão é importante para o outro, é ainda mais importante para você!
Quando você perdoa, você se liberta.
Com o perdão, as algemas que te prendiam ao passado se rompem, e você passa a caminhar livremente.
Perdoe. Liberte-se!